fbpx

Escola dos Games

O maior portal de e-sports do Brasil

Dignitas não consegue mais contratar jogadores após gastar muito para contratar Huni

Los Angeles, USA - September 06: FlyQuest versus Clutch Gaming during the 2019 LCS Gauntlet at the LCS Arena on September 06, 2019 in Los Angeles, California, USA. (Photo by Kevin Haube/Riot Games)

A Dignitas estendeu o contrato do top laner Heo “Huni” Seung-hoon por US $ 2,3 milhões há duas semanas. Desde então, a equipe ainda não contratou mais nenhum jogador para seu time no League of Legends.

A organização gastou um terço de seu orçamento para contratar Huni, resultando na equipe lutando para finalizar sua lista de cinco jogadores. Devido ao alto salário recorde de Huni, a Dignitas pode simplesmente não ter os recursos para financiar o resto do time em 2020.

Huni é um jogador competente, com anos de experiência em torneios internacionais, mas sozinho ou sem um time forte para apoiá-lo, seu talento provavelmente será desperdiçado. Ele obteve sucesso com a Fnatic em 2015, conquistando dois títulos nacionais e participando das semifinais do campeonato mundial. Um ano depois, depois de um split com Immortals, ele voltou para a Coréia e ingressou no T1. Porém, depois de não corresponder às expectativas, ele voltou para a América do Norte, onde permanece hoje.

A Dignitas gastou US$20 milhões para se fundir com a Clutch Gaming no início deste ano, permitindo que a organização se juntasse à liga norte-americana. Apesar de seus melhores esforços, mudança de marca e novos investimentos, a equipe pode entrar na temporada 2020 sem um time completo. Em vez disso, a Dignitas pode ser forçado a contratar novatos sem experiência competitiva.

Caso você queira aprender a subir de elo mais rápido no League of Legends com mais de 12 pro-players e através de mais de 150 vídeos a Prota Games é o seu lugar.

Acesse agora com uma semana grátis

Fonte: Dotesports

Compartilhe em suas redes socais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares