fbpx

Escola dos Games

O maior portal de e-sports do Brasil

Como encontrar o seu main no League of Legends: dicas para quem quer ser um monochampion

  • INTRODUÇÃO 

Em League of Legends, você possui algum campeão favorito? Se a sua resposta for sim, você provavelmente se baseou em um ou mais critérios diferentes. Dentre os mais de 140 campeões que o jogo possui atualmente, com mecânicas, habilidades e estilos completamente diversos, é bem óbvio que a maioria das pessoas sempre acabam encontrando aqueles que mais lhe agradam.

Dado o sucesso que alguns monochampions como Orengar, Dudu Duelista, Arthur Lanches e etc  vem fazendo na comunidade de League of Legends, fizemos esse vídeo para te ajudar a escolher seu campeão favorito e se destacar muito com ele nas filas ranqueadas. 

Não necessariamente você precisa ter um main champion para ter um bom desempenho, porém, se especializar em um só campeão, que de preferência possua um estilo de jogo que faça o seu tipo, pode agilizar e muito o processo de aprimoramento da sua gameplay.

Caso você seja do tipo de pessoa que anda transitando entre diferentes campeões e diferentes lanes, sentindo que não consegue se encaixar em lugar nenhum, fique tranquilo, pois hoje nós te passaremos algumas dicas para encontrar o campeão ideal para você.

Dito isso, comenta aí em baixo:

Qual é o seu campeão favorito para jogar inúmeras partidas?

  • DESENVOLVIMENTO
  • Se atenha aos pequenos detalhes

Para muitos jogadores que estão procurando o seu campeão ideal, o caminho mais comum pode ser o de seguir as tier lists do patch atual, ou seja, o jogador pesquisa quais são os campeões mais fortes e bem sucedidos na fila ranqueada, e passa a tentar jogar com eles. 

Por mais que esse plano possa parecer bem atrativo principalmente para aqueles jogadores que estão realmente buscando melhorar seu desempenho, essa não é a melhor forma de você encontrar o seu main. Antes de qualquer coisa, o campeão precisa despertar seu interesse, para que dessa forma você se sinta motivado o suficiente para aprimorar suas habilidades com ele.

Por isso, ao invés de simplesmente tentar seguir as tier lists, comece a prestar mais atenção nas pequenas especificidades de cada campeão. Isso vai desde o design, considerando sua aparência, história, voz e falas, até os pontos mais peculiares da sua gameplay.

Se você começar a dar mais abertura para que coisas desse tipo despertem o seu interesse, rapidamente você estará testando campeões que irão te divertir e te satisfazer muito, e que você talvez nunca tivesse dado a chance se tivesse se prendido apenas a detalhes técnicos como a win rate.

Lembre-se: em League of Legends, nada é totalmente inviável. Sabe aquele campeão que você considera totalmente fora do meta, e que simplesmente nunca aparece no competitivo? Pode apostar que várias pessoas já atingiram o elo desafiante jogando com ele. 

No fim das contas, se você realmente gostar de um campeão pelas pequenas peculiaridades no seu design e na sua gameplay, vai poder jogar diversas partidas com ele sem que isso se torne cansativo, e você poderá rapidamente aprimorar as suas habilidades e começar a destruir seus inimigos.

PROTA GAMES

Se você quer subir de elo muito rápido através de aulas com jogadores profissionais recomendamos que você assista as aulas exclusivas que estão disponíveis no site da Prota Games.

É um método estruturado e o jeito mais rápido e seguro de aprender tudo que você precisa para evoluir no League of Lefends.

  • Estilo de jogo em primeiro lugar

Por mais que as funções definidas dentro do próprio jogo sejam bem úteis para que possamos classificar os campeões, elas com certeza são superficiais e não são o suficiente para você buscar os personagens com estilo de jogo que te agrade. Para quem não se lembra ou ainda não sabe, essas funções são divididas entre Assassinos, Lutadores, Magos, Atiradores, Suportes e Tanques.

Como já foi dito, elas são bem úteis para podermos separar os campeões em seus estilos de jogo, mas de forma bem superficial. Ao invés de se guiar por essas especificações, procure características ainda mais específicas que te agradem. Essas características podem ser: potencial de burst damage, potencial de dano constante, alta mobilidade, alta resistência, muitos ou poucos disparos de precisão, grande utilidade em seu kit, entre muitos outros fatores.

Essa é uma forma muito mais útil de você procurar campeões que vão acabar te agradando. Um exemplo mais claro dessa diferença pode ser observado quando comparamos personagens como Fiora e Gangplank. Ambos são considerados Lutadores, porém, seus estilos de jogo e funcionamento do kit de habilidades são completamente diferentes. Fiora é uma duelista com razoável mobilidade, e a grande maior parte do seu dano é derivada de seus ataques básicos. Já Gangplank possui menos ferramentas de duelo e mobilidade do que Fiora, mas em compensação, possui alta capacidade de causar dano a longa distância e até possui uma ultimate global.

Essas diferenças nos kits dos campeões fazem com que toda a dinâmica de jogo de cada personagem seja totalmente única. Por isso, no fim das contas, a dica é a seguinte: não se baseie nas funções dos campeões, e sim nos seus estilos de jogo. Dessa forma, você conseguirá experimentar uma maior quantidade de personagens que te agradam, que façam o seu estilo.

Aqui vai mais um exemplo: se você é do tipo de pessoa que adora viajar pelo mapa buscando oportunidades e criando jogadas, talvez você já tenha pensado em jogar na jungle, e talvez até esteja insistindo nessa possibilidade. Porém, existem casos como o do Bardo, que é um personagem suporte, mas que é totalmente focado em criação de jogadas e pressão de mapa.

A moral da história é que a função de um campeão não define a forma como ele atua dentro do Rift, por isso, você deve se aprofundar mais nas propostas de jogo dos campeões que andaram te interessando, e não nas suas especificações em si. 

  • Compreenda as curvas de aprendizado de cada campeão

Outro fator que acaba complicando a vida de vários jogadores que estão buscando encontrar o seu main é o mal entendimento das curvas de aprendizado.

Segundo a definição da própria Riot Games, uma curva de aprendizado é uma representação de quão efetivo um jogador se torna em um campeão quanto mais joga com ele. Alguns campeões, como Qiyana, Katarina e Aurelion Sol, possuem curvas bem acentuadas. Isso quer dizer que, na média geral, a diferença na taxa de vitória entre um jogador veterano de Katarina e um iniciante com a campeã é relativamente alta.

Isso acontece em campeões que possuem bastante exigência das mecânicas do jogador, como é o caso dos 3 citados acima. Quando um jogador seleciona o Aurelion Sol pela primeira vez, ele não faz ideia do que está fazendo, não sabe como controlar suas estrelas e não entende qual a melhor forma de jogar com o campeão. Por isso, ele acaba perdendo a maioria de suas partidas. Porém, caso ele jogue uma quantidade suficiente de partidas para começar a se habituar mais ao kit do personagem, sua taxa de vitória será elevada consideravelmente, já que ele passará a impactar muito mais na partida.

Essa noção de que alguns campeões possuem altas curvas de aprendizado, enquanto outros como Garen e Mordekaiser possuem uma curva bem mais constante, pode te ajudar na hora de entender melhor se as suas tentativas de masterizar determinado campeão ainda são válidas, ou se você provavelmente deve passar para outro. 

Para exemplificar, pegaremos o caso da Riven. Para jogadores que adoram uma bela demonstração de micro play, com diversos combos de cancelamento de animação e dezenas de botões sendo apertados em questão de segundos, ela pode ser uma escolha muito interessante. Porém, como qualquer campeão nesse estilo, a Riven demanda um certo tempo para que o jogador consiga pegar a prática. Justamente por isso, se você jogou seus primeiros 2 ou 3 jogos com a Riven e se saiu mal em todos, não desista!

A alta demanda de execução mecância da campeã certamente é recompensante, mas você irá adquirir isso aos poucos, e isso é um processo bastante comum. Por isso, se você insistir e compreender que seu processo de melhoria está acontecendo aos poucos, você certamente conseguirá ser melhor com vários campeões que antes pareciam impossíveis. Para se inspirar, assista partidas de challengers ou de pro players jogando com esses personagens, para que você se lembre do que você será capaz de fazer um dia caso continue treinando.

Por outro lado, também vale citar o outro lado da moeda. Caso você esteja tentando jogar com um campeão extremamente simples, como o caso da Annie, e ela acabar não te agradando logo nos primeiros jogos, pule fora e experimente outros campeões. A diferença entre alguém que jogou 5 jogos de Annie e alguém que jogou 50 jogos de Annie é consideravelmente baixa em comparação ao caso da Riven que citamos logo agora.

  • Experimente jogar partidas do modo ARAM

O que você acha do Aram? Se você gosta do modo de jogo, excelente. Porém, se você nunca tentou, experimentá-lo pode ser uma oportunidade muito boa para acelerar a sua busca pelo seu main.

No ARAM, seu campeão será escolhido de forma aleatória e o mapa possui apenas uma grande rota, na qual ocorerrá uma verdadeira guerra, um 5 contra 5 praticamente incessante. Jogar algumas partidas de ARAM por dia pode te ajudar a encontrar seu main por 2 principais motivos.

O primeiro deles, e o mais óbvio, você será forçado a sair da sua zona de conforto e jogar com campeões que você talvez nunca fosse considerar. Mesmo que depois da partida você acabe não gostando tanto do seu desempenho com o campeão que você jogou, a experiência é extremamente válida, já que você testou suas habilidades e talvez tenha percebido alguns de seus padrões. Caso algum deles em específico tenha te interessado, você pode buscar habilidades com padrões parecidos em outros campeões, que talvez irão fazer bem mais o seu estilo.

O segundo motivo é o fato de que no ARAM você não precisa se preocupar com o mapa. Em Summoner’s Rift, noção de mapa é algo simplesmente indispensável para um bom jogador, já que várias coisas estão acontecendo a todo momento em vários lugares diferentes, e isso é extremamente importante na hora de você considerar seus planos de jogo. Já no ARAM, o cenário de guerra constante será muito mais simples para que você foque apenas nas habilidades do seu campeão, e também nas habilidades dos campeões dos seus aliados e inimigos, e algum deles pode acabar chamando sua atenção rapidamente.

  • FINALIZAÇÃO

Uma vez que você perceber que um campeão realmente te agradou, você pode buscar aprimorar sua gameplay com ele através de materiais informativos ou de gameplays explicativas, como algumas que possuímos aqui no canal da Prota.

Fazendo isso, quem sabe você não aumenta rapidamente o seu elo e escala rumo aos níveis mais altos utilizando o seu personagem favorito? Inúmeros jogadores já passaram por isso!

De qualquer forma, gostaria de agradecer a todos pela audiência de sempre. Não se esqueçam de se inscrever no canal e de deixar o like no vídeo, para seguir apoiando o nosso trabalho. Também, como sempre, não deixa de dar sua contribuição aí em baixo: qual é o seu main no League of Legends, e por que?

A todos, boas partidas e até a próxima. Nos vemos em breve!

Compartilhe em suas redes socais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

shares